Magnólia: Assumo, e não nego.

Divirta-se.

domingo, 16 de janeiro de 2011

Assumo, e não nego.

Todas as pessoas são absolutamente ridículas. Digo isso, mas não como um discurso agressivo, essa afirmação pode fazer você dar risada.
A insistente tentativa de ser moralmente correto, fisicamente impecável, altamente discreto, polido, culto, descolado, poético, enfim, tudo isso é absurdamente irritante. As pessoas deveriam assumir seu estado frágil, sua tendência ao ridículo.
De perto ninguém é normal, e isso não é só titulo de livro, não há normalidade, apenas por que não existe base com o que comparar o que seria normal ou não.
Cada um é o resultado de algumas combinações. Simples assim. O que faz de mim, eu, vem de tudo que já vivi, já ouvi, já senti, segui, de tudo que encontrei até aqui. E no meio dessa parafernália toda estão os pequenos deslizes, putas gafes, imensas falhas, frases de merda, atitudes idem. Não podemos excluir o que é feio para simplesmente parecer alguém mais bonito.
Mulheres elegantes, muitas vezes, no conforto de seus quartos, roem a unha do pé. O cara bacana que você encontra todo bonitão na balada pode sim estar usando aquela cueca, sem lavar, pela segunda vez. O moralista, tadinho, assiste seus pornôs quando sua esposa vai às compras, ou até mesmo o inverso. Senhoras pudicas, com saias até o joelho, reviram lixo alheio em busca do que poderia ser um segredo. E isso ainda não é nada perto do que cada pessoa pode fazer. Ser vitima para ser amado, bancar o bacana em troca de admiração, criar uma imagem tão elaborada quanto o ator vencedor do Oscar, por melhor atuação. Não há limite e nada poderia ser mais humano.
Quem é sujeito dormindo ao teu lado? E o que há de errado em não saber?
Patéticos, ridículos, curiosos, estranhos, há sempre uma categoria a qual pertencer. E se eu, pessoa absolutamente ridícula, consigo rir das minhas neuras e vontades descabidas, acredito que assim você também pode fazer. Desencane. Let it be.

*foto tirada por mim mesma, para passar a imagem de uma mulher bonita, segura e confiante.
ps: não há nada mais ridiculo do que fazer pose para você mesmo, mas e daí?
ps2: fico feliz quando você gosta do meu texto, se deixar um comentário então, meu ego vai às alturas.

17 comentários:

Bia Wielewicki disse...

Flying ego!!!!!!
Adorei!
Beijos

Anônimo disse...

Seu ego já é inflado por natureza. Mas dúvido que você esteja realmente adorando sua vidinha de dona de casa . para quem adorava baladas, bebidas e rock roll ... A proposito, o que voce fez com o seu diploma da faculdade ?

Lino Conti Bolotário disse...

"As pessoas deveriam assumir seu estado frágil, sua tendência ao ridículo."
Frase do texto. Assumo, e não nego. Ficou bem sujestivo.

Lino Conti Bolotário disse...

ridiculamente sujestivo. sem o 'g'.

Marian Travassos disse...

vidão mesmo!!! Os direitos iguais já foram conquistados, agora nós n precisamos mais desafiar o mundo e mostrar que somos tão boas quanto os homens. Isso já é óbvio. Temos LIBERDADE para sermos EXATAMENTE quem queremos. Baladeiras, mães, in...telectuais, escravas do dinheiro, dos sentidos ou dos filhos!!!
E tem quem consiga ser td isso em uma só!!! Talitona é 1000 mulheres em 1 baita corpão, e não é todo mundo que aguenta.

Morra de inveja, pessoa. Vc é anônima msm.

Anônimo disse...

hum-hum. que coisa. Precisou dos amigos para te dar firmeza ?
Com isso, apenas reforça que sim, você sente falta da liberdade, da boêmia e das idas ao shopping sem ter hora para voltar .... Suas fotos,não refletem nada mais do que a verdade, de que você não tem o que mostrar ou melhor, de que não tem mais criatividade alguma. Até esse blog que, ainda tinham mensagens que de alguma maneira poderia ajudar alguém ... Sim, você não passa de uma simples dona de casa, que sucumbiu a ideia de que é mais fácil alguém trazer a comida .

Talita Pinheiro disse...

putz, segundo round?
engraçado; alguém, que pelo jeito deveria ter mais o que fazer(que agito é esse que vc vive?), teve tempo de visitar o face, ler os comentários, navegar pelas minhas fotos... uau. Não sabia que shopping, boêmia, rock and roll, balada eram coisas tão exclusivas assim? uau mais uma vez! Será coisa de paulista apenas? Ou sei lá, só existe no seu planeta?
apesar de sua indignação, eu tenho uma vida e não há nada a questionar sobre ela. Vc queria ver mais fotos dela? que pena, eu vivo mais do que tiro fotos...
para mim é absolutamente nojento ficar aqui debatendo algo com um anônimo,(putz que merda é essa sua atitude), mas não que eu queira saber quem vc é. isso eu já sei: alguém completamente vazio e cheio de saudade.
fique a vontade ao passar por aqui, pelo que vejo vc é de casa.

Rafaela disse...

para o anonimo NO COMENTS... pra vc prima só te digo que só desperta inveja alheia quem realmente é interessante e isso vc é né... amo te!!!!!

Cléo de Lucca disse...

Querida Talita...
Fique feliz por suas palavras irem tão além.
Seja para falar sobre a empregada que te deixou na mão, de um singelo rato na cozinha ou como publicitária que é ser capaz de nos convencer á comprar até aquilo que jamais compraríamos, não poderia deixar de reconhecer o talento, a criatividade e o conteúdo que você tem.
Seria injusta se dissesse que este foi o melhor texto seu que já lí, pois em determinados momentos, muitos outros textos foram aquilo que buscava, e porque não dizer que algumas vezes me deparei até com verdades que temia, e, que sozinha não era capaz de enxergar.
Se reconhecer "ridículo" não é fácil, mas confessemos que todos somos... Cada um com suas peculiaridades, mas todos com suas "ridicularidades".
Talvez tenha sido por isso que tenha causado tanta polêmica, e tiro o chapéu por reconhecer em sí mesma aquilo que a faz ridícula, sem se auto agredir, mas dizendo sutilmente que é isso que nos dá o tempero, são coisas assim que nos dão identidade.
Seja no boteco ou no sofá da sua casa, sou mais você!!!
E se seus olhos camuflam algum sentimento, não tenho duvidas que é o fato de ser uma mulher REALIZADA.
Deixe os flashes para os outros...
Seu brilho, vem de dentro!!

Cléo de Lucca disse...

Querida Talita...
Fique feliz por suas palavras irem tão além.
Seja para falar sobre a empregada que te deixou na mão, de um singelo rato na cozinha ou como publicitária que é ser capaz de nos convencer á comprar até aquilo que jamais compraríamos, não poderia deixar de reconhecer o talento, a criatividade e o conteúdo que você tem.
Seria injusta se dissesse que este foi o melhor texto seu que já lí, pois em determinados momentos, muitos outros textos foram aquilo que buscava, e porque não dizer que algumas vezes me deparei até com verdades que temia, e, que sozinha não era capaz de enxergar.
Se reconhecer "ridículo" não é fácil, mas confessemos que todos somos... Cada um com suas peculiaridades, mas todos com suas "ridicularidades".
Talvez tenha sido por isso que tenha causado tanta polêmica, e tiro o chapéu por reconhecer em sí mesma aquilo que a faz ridícula, sem se auto agredir, mas dizendo sutilmente que é isso que nos dá o tempero, são coisas assim que nos dão identidade.
Seja no boteco ou no sofá da sua casa, sou mais você!!!
E se seus olhos camuflam algum sentimento, não tenho duvidas que é o fato de ser uma mulher REALIZADA.
Deixe os flashes para os outros...
Seu brilho, vem de dentro!!

Gislaine disse...

Olha Talita, entro aqui semanalmente e só não escrevo comentários(coisa que irei fazer SEMPRE agora) porque não escrevo bem, e fico até sem jeito de dizer de uma forma simples que gostei do que vc escreveu. Vc é inteligentíssima e certamente sabe que críticas não construtivas surgem na vida de pessoas iluminadas como vc a todo tempo. Acostume-se e assim como respondeu no segundo round(rs) desvie-se sempre de forma que não cause nenhum arranhão em vc. Continue escrevendo. Vc é ótima!!!
ass: Gislaine
PS: anonimato nesses tipos de críticas revelam, trasduzem, esboçam, representam uma imensa covardia e transmitem inveja e infelicidade. Uma pessoa bem resolvida e feliz não perde tempo com tais coisas...

Anônimo disse...

Para que voce quer saber meu nome ? Resolveria se te dissesse Raimunda, Sebastiana ou Manoel ou Joaquim ?
Ah ... Puxa, voce que se considera tão moderna, cabeça resolvida, ficou tão nervosa, tão "puta" com meus comentários e ainda precisou que seus amigos te ajudassem. Que decepção. Enfim, não, não sou da sua casa e não pretendo ser. Também não sou paulista, afinal, shoppings não existem apenas em SP. Posso estar na China, que aliás, tem otimos shoppings ... Posso estar em NY, que alias existem otimos pubs ou melhor, posso estar em Milao, aonde a alta costura predomina. Mas, enfim, voltando a voce, eu era um fã das suas crônicas e confesso, que um dia cheguei acreditar que de voce saíria uma ótima publicitária, arrojada e despreendida. Que pena, sim, vá lavar roupa e cozinhar, porém, te adianto, que não está fazendo nada mais do que qualquer pessoa por mais mediocre, possa fazer, afinal, parir não é previlegio apenas do animal homem. Agora, sinto muito, mas não serei mais frequentador desse site, pois vejo que agora, sua clientela é forno e fogão e eu sinceramente não gosto de quem cheira a alho e fumaça. Prefiro as que cheiram a criatividade. Mas te deixo uma pergunta : Suas maiores defensoras, são donas de lar, até que ponto elas querem que voce voe ? Pense nisso, ainda dá tempo.. Arruma uma babá e vá voar .... Saudações.

luciana disse...

Meu caro sr. anonimo, nunca li tanto lixo em tao pouco espaço.Isso hoje em dia se resolve com uma boa terapia de choque.
Alguem que escreve PARIR, teve uma infancia rodeada de mulheres sem CRIATIVIDADE nenhuma que sem duvida nenhuma tinham cheiro de alho e fumaça.Sua revolta com nós mulheres do lar é tanta que chego a imaginar seu LAR DOCE LAR!
O sr. devia comer muita comida queimada, vestir muita roupa ensebada, desviar do lixo no meio da casa, as mulheres eram analfabetas e nunca souberam o que é dirigir!nunca foram a uma manicure, cabeleleiro, massagista, ginastica, escola do filho, ao banco,ao pediatra....
Nunca mas nunca mesmo levou você para assistir um filme comprou pipoca e chorou de rir com suas frases infantis,porque aparentemente você sempre foi invisivel, e elas sem criatividade nenhuma!
AO CONTRARIO DE NÓS DONAS DE CASA ADORAVÉIS, CRIATIVAS QUE CHOCAM!
POR SEREM APENAS FELIZES.

Helena disse...

oi filha,estava lendo seu blog,como é bom ter amigos não é? Ah!!!... eu bem que te avisei que nesse mundo os anônimos são bem conhecidos,aliás,esse aí me parece bem rancoroso e arrependido...rsrsr...não seria aquele seu ex ?????Claro que sim!O que mais me surpreendeu foi saber que ele acredita que um "canudo " de papel possa fazer alguém feliz .Por que será então que ele não é????
E se parir for coisa de animal,já sei que bicho ele é...rsrsrsr...
Querida filha,ignore,porque são poucos os que conhecem uma mulher como vc ,que sabe inclusive, entre tantas coisas que vc faz com exímias qualidades ser dona de casa e mãe tão prestimosa como é.Inimigos imaturos são os piores.Seja feliz como vc já é...bjos de sua mãe,aliás,dona de casa ...(o que na verdade todas querem ser,com seu maridinho do lado,ou a namorada dele não quer????).

Anônimo disse...

Senhoras donas de casas defensoras, que se dizem tão amigas e percebe-se que nada entendem sobre vossa blogueira.
Voltaremos a conversar daqui 15 anos e se até lá, a nossa "amiga" dona do blog ainda estiver "feliz" com a vida atual. Prometo tirar o chapeú . Mas enquanto isso, tenho apenas a lamentar e ver que em seu caminho a frustação estará sendo traçada, assim como vejo e sinto o cheiro de alho e fumaça em vossas letras. Agora, por favor, que coisinhas mais mediocres : "Ó que inveja tem essa pessoa"; Ó que despeito, ó ..ó .. ". Saudações.

Talita Pinheiro disse...

Gente até que ele tem razão! isso porque na definição dele estamos lavando pratos, encerando o chão, passando as camisas de nossos maridos! ahahaha será que ele não imagina que assinamos os contratos quando o escritório nos manda a papelada do contrato de nossas funcionárias! Santas mulheres por sinal! eee dona cida!
alho e fumaça? genteeeeee tenho uma gama de perfumes Dior, Fendi, Escada! hahahha ah, Porém vez ou outra cheiro a alho sim, ingrediente indispensável em meus pratinhos qdo recebemos os amigos para confraternizar! e depois tbm tem o delicioso cheiro do vinho! gente, obrigada pela tentativa de defesa, como escritora adoro provocar reações, mesmo as mais estúpidas!
faz bem poder dar risada e perceber que alguns pessoas simplesmente não evoluem, principalmente como redatores!
tudo bem gente pelo o que ele pensa que sabe, eu concordo com ele. Não gostaria de ser esta pessoa de quem ele esta falando, não, mas de qualquer forma é muito bom ter amigos; agora, será que os amigos dele dariam o mesmo apoio se soubessem da babaquice que ele esta fazendo aqui?
Mas pelo que sei, é costume dele, chapéu e fachada.

rubens disse...

Sabe o que eu descobri Talita?
Que eu odeio Anonimos. Anonimos sao pessoas amarguradas, auto destrutivas e pelo fato da vida delas ser uma falência total teimam em falir a vida de alguem também. Acho que a realidade é que adorariam chegar em casa e encontrar uma DONA DE CASA BEM CRIATIVA O ESPERANDO!!!

 
Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-No Derivative Works 2.5 Brasil License.